sexta-feira, 26 de abril de 2013

1º CONCURSO BRASILEIRO DE CERVEJAS


Aconteceu em Blumenau durante o Festival Brasileiro da Cerveja o 1º Concurso Brasileiro de Cervejas. Foram 215 cervejas de 42 duas cervejarias avaliadas em testes cegos e uma meticulosa composição da mesa por cada estilo. As regras foram claramente publicadas aqui. O grande sucesso do concurso finalmente foi alcançado pelo avanço do mercado Brasileiro nos últimos anos que fez justificar o evento. Eu creio que muitos dos meus amigos leitores não conhecam uma grande maioria das cervejarias listadas, mas eu garanto, foi briga de cachorro grande! Os participantes não são de brincadeira e tem muita coisa que vale realmente a pena conhecer. Vale salientar que há menos de 10 anos atrás tínhamos a nossa disposição uma meia dúzia de marcas nas nossas prateleiras, hoje meu pequeno gafanhoto, essa era ficou pra trás e o movimento da #cervejadeverdade não para de crescer.

O tamanho sucesso da edição 2013 fez os organizadores já planejarem um espaço duplicado, em relação ao deste ano, no parque de exposições Vila Germânica em Blumenau. 

Abaixo segue a tabela dos vencedores e das cervejas e estilos vencedores.


CERVEJARIA DO ANO: CERVEJARIA BODEBROWN (CURITIBA-PR )
5 OURO - 2 PRATA - 4 BRONZE 
- eu sou fã dessa cervejaria, ja falei dela nesse link

MELHOR CERVEJA DO ANO: WÄLS PÍLSEN (Belo Horizonte-MG)
Cervejaria: Wäls Cervejas Especiais - Estilo: Bohemian-Style Pilsener
- minha casa, sem palavras, esse caras me deixam orgulhosos de ser Mineiro

CERVEJAS PREMIADAS POR ESTADO
MG – 14
PA – 4
PR – 26
RJ – 7
RS – 9
SC – 16
SP – 33


CERVEJA ESTILO MEDALHA
Double Vienna American-Style Amber Lager Ouro
Capitão Senra American-Style Amber Lager Bronze
Wallace Amber American-Style Amber/Red Ale Ouro
Heilige Red Ale American-Style Amber/Red Ale Prata
Black Rye Ipa American-Style Black Ale Ouro
Hi-5 Black Ipa American-Style Black Ale Prata
Invicta India Black Ale American-Style Black Ale Bronze
Green Cow Ipa American-Style India Pale Ale Ouro
Double Apa American-Style India Pale Ale Prata
The Beers – Underground Rock Pale Ale American-Style India Pale Ale Bronze
Baden Baden Cristal American-Style Lager Or Light Lager Ouro
Eisenbahn Pilsen American-Style Lager Or Light Lager Prata
Bier Hoff Premium American-Style Lager Or Light Lager Bronze
American Pale Ale American-Style Pale Ale Ouro
California Golden Ale American-Style Pale Ale Prata
Cerveja Província Premium American-Style Premium Lager Or Specialty Lager Ouro
Dama Bier Pilsen American-Style Premium Lager Or Specialty Lager Prata
Colorado Cauim Ici 01 American-Style Premium Lager Or Specialty Lager Bronze
Panhead American-Style Stout Ouro
Cirilo Coffee Stout American-Style Stout Bronze
Cream Porter Baltic-Style Porter Prata
Cerveja Bierland Belgian Blonde Ale Belgian-Style Blonde Ale Prata
Wäls Quadruppel Belgian-Style Dark Strong Ale Bronze
Stolz – Belgium Dubbel Belgian-Style Dubbel Bronze
Eisenbahn Pale Ale Belgian-Style Pale Ale Bronze
Eisenbahn Strong Golden Ale Belgian-Style Pale Strong Ale Bronze
Wäls Trippel Belgian-Style Tripel Ouro
Beatus Belgian-Style Tripel Bronze
Blanche De Curitiba Belgian-Style Witbier Ouro
Wäls Witte Belgian-Style Witbier Prata
Bier Hoff Witbier Belgian-Style Witbier Bronze
Wäls Pílsen Bohemian-Style Pilsener Ouro
Bier Hoff Pilsner Bohemian-Style Pilsener Prata
Bamberg Camila Camila Bohemian-Style Pilsener Bronze
Cerveja Bierland Imperial Stout British-Style Imperial Stout Prata
Colorado Ithaca British-Style Imperial Stout Bronze
Insana Chocolat Porter Brown Porter Ouro
Porter Opa Bier Brown Porter Prata
Heilige Porter Brown Porter Bronze
Cacau Ipa Chocolate Beer Ouro
Backer Brown Chocolate Beer Prata
Cerveja Bierland Pale Ale Classic English-Style Pale Ale Prata
Pale Ale Opa Bier Classic English-Style Pale Ale Bronze
Baden Baden Stout Classic Irish-Style Dry Stout Prata
Zehn Bier Pilsen Extra Dortmunder/Export Or German-Style Oktoberfest Bronze
Pagan – India Pale Ale English-Style India Pale Ale Ouro
Colorado Indica English-Style India Pale Ale Prata
De Bora Poderosa Ipa English-Style India Pale Ale Bronze
Cara Preta English-Style Mild Ale Ouro
Backer Pale-Ale English-Style Mild Ale Prata
Bamberg Munchen European-Style Dark/Münchner Dunkel Prata
Dama Bier München European-Style Dark/Münchner Dunkel Bronze
Cerveja Bierland Blumenau Experimental Beer Ouro
Baden Baden 1999 Extra Special Bitter Prata
Bier Hoff Pumpkin Field Beer Or Pumpkin Beer Bronze
Dama Bier Stout Foreign-Style Stout Prata
Eisenbahn Lust Prestige French- & French- And Belgian-Style Saison Prata
Saison De Caipira French- & French- And Belgian-Style Saison Bronze
Amazon Forest Bacuri Fruit Beer Ouro
Falke Vivre Pour Vivre Fruit Beer Prata
Cerveja Do Amor Fruit Beer Bronze
Göttlich Divina! Weiss Fruit Wheat Beer Prata
Amazon Witbier Taperebá Fruit Wheat Beer Bronze
Bamberg Altbier German-Style Brown Ale/Düsseldorf-Style Altbier Prata
Morada Kölsch German-Style Kölsch/Köln-Style Kölsch Prata
Seasons/Heilige Oktoberfest German-Style Märzen Bronze
Invicta German Pilsner German-Style Pilsener Prata
Falke Ouro Preto German-Style Schwarzbier Ouro
Bierbaum Dunkel German-Style Schwarzbier Prata
Bamberg Schwarzbier German-Style Schwarzbier Bronze
Cerveja Noi Avena Golden Or Blonde Ale Prata
Exterminador De Trigo Herb And Spice Beer Prata
Amazon Red Ale Priprioca Herb And Spice Beer Bronze
Perigosa Imperial India Pale Ale Ouro
Invicta Imperial Ipa Imperial India Pale Ale Prata
Amnésia Imperial India Pale Ale Bronze
Baden Baden Red Ale Imperial Red Ale Prata
Bohemia Imperial International-Style Lager Ouro
Áustria Export International-Style Lager Prata
Cerveja Noi Rossa Irish-Style Red Ale Prata
Karavelle Red Ale Hell Irish-Style Red Ale Bronze
Karavelle Keller Kellerbier/Zwickelbier Bronze
Bamberg Helles Münchner-Style Helles Bronze
Cerveja Província Puro Malte Alcohol Free Non-Alcoholic (Beer) Ouro
Old Ale Opa Bier Old Ale Or Strong Ale Ouro
Tripel Hop Montfort Other Strong Beer Bronze
Funhouse Belgian Blond Pale American-Belgo-Style Ale Ouro
The Beers – Chicago Blues Robust Smoked Porter Robust Porter Prata
De Bora Robust Porter Robust Porter Bronze
Wee Heavy Scottish Heavy Ale Prata
Eisenbahn Rauchbier Smoke Beer Ouro
Bamberg Rauchbier Smoke Beer Prata
Baden Baden Weiss South German-Style Hefeweizen/Hefeweissbier Ouro
Insana Weizen South German-Style Hefeweizen/Hefeweissbier Prata
Cerveja Noi Bianca South German-Style Hefeweizen/Hefeweissbier Bronze
Bierbaum Weizenbock South German-Style Weizenbock/Weissbock Ouro
Eisenbahn Weizenbock South German-Style Weizenbock/Weissbock Bronze
Wäls Brut Specialty Beer Ouro
Hop-Weiss Specialty Beer Prata
Colorado Berthô Specialty Beer Bronze
Colorado Appia Specialty Honey Beer Bronze
Amazon Stout Açaí Sweet Stout Bronze
Cerveja Bierland Bock Traditional German-Style Bock Prata
Baden Baden Bock Traditional German-Style Bock Bronze
Bierbaum Vienna Vienna-Style Lager Ouro
Eisenbahn 5 Anos Vienna-Style Lager Prata
Cerveja Bierland Vienna Vienna-Style Lager Bronze
Bravo Wood- And Barrel-Aged Beer Ouro
Catarina Vintage Ale Wood- And Barrel-Aged Strong Beer Ouro


CERVEJARIA MEDALHAS
Cervejaria Bodebrown Ltda 11
Brasil Kirin Indústria De Bebidas S/A - Eisenbahn 7
Brasil Kirin Indústria De Bebidas S/A - Baden Baden 6
Cervejaria Bamberg 6
Cervejaria Bierland 6
Wäls Cervejas Especiais 6
Cervejaria Colorado 5
Cervejaria Seasons 5
Cervejaria Três Lobos Ltda 5
Amazon Beer 4
Cervejaria Cns Ltda 4
Cervejaria Joinville Ltda – Opa Bier 4
Cervejaria Bazzo Ltda 3
Cervejaria Bierbaum Ltda 3
Cervejaria Curitiba Ltda 3
Cervejaria Invicta 3
Cervejaria Mistura Clássica 3
Cervejaria Noi 3
Way Beer Ind. E Com. De Bebidas Ltda 3
Basement Cervejas Especiais 2
Cervejaria Heilige 2
Cervejaria Independente Vera Cruz S.A. 2
Cervejaria Insana Ltda 2
Cervejaria Riograndense Ltda 2
Micro Cervejaria Falke Bier Ltda 2
Morada Cia Etílica 2
2cabeças 1
Companhia De Bebidas Das Américas – Ambev  1
Cruz De Malta Cervejas Especiais Ltda 1
Hezbier Cervejaria Ltda 1
Krug Bier Indústria Ltda 1

sexta-feira, 19 de abril de 2013

CERVEJA E OUTRAS HARMONIZAÇÕES

Vc está errado amigão se pensou em...:


Há quem diga que cerveja, futebol e sexo são a preferencia da grande maiora Brasileira. Mas não são somente essas coisas que harmonizam com cerveja. Para começo de conversa eu acho que a palavra "combinam" é mais a praia daqueles que tomam cerveja. Harmonização é um termo herdado dos enólogos e por isso eu prefiro usar a menos elegante palavra "combinar".
Pois vamos combinar, é melhor né?
O MIMO QUE GANHEI
Outro dia festivo fui agraciado com um belo presente de uma coisa que eu gosto bastante. Um habito que cultivo com muita parcimônia (em média uns 5/ano) e que ocasionalmente me vejo em algum lugar que penso: "Esse lugar combina com um charutinho" ou "bom seria eu curtir esse sossego, longe de todos, com a companhia de um livro, uma bebidinha e um charutinho para philosofar". Sim senhores, de quando em vez um charutinho é bom e com uma #cervejadeverdade, melhor ainda.

É muito difícil eu falar sobre charutos, mesmo sendo maior sabedor do assunto ante às pessoas que eu convivo, eu pouco sei. Apenas sei quais marcas são boas ou ruins, tipos de charutos, sei se o produto esta bom ou ruim e algumas falsificações. E para por aí. Aprofundar no assunto, tipo de folha, como foi enrolado, de qual ilha, qual perna da morena, blends, aromas nem entro nesse assunto. Apenas sei que na hora certa, com a companhia certa um bom charutinho é muito bom.

Chafurdando na net eu vi vários bam-bam-bans "combinando" charutos com runs finos, whiskys e whikeys raros, vinhos e cerveja. E logo me apeguei ao ultimo: CERVEJA

No escopo da degustação escolheram dois charutos e 06 cervejas que foram combinados assim:

Charuto Nacional - Da Mata
1ª Baden Baden - Red Ale
2ª Erdinger Pikantus
3ª Eisenbahn Rauchbier

Charuto Cubano - Hoyo de Monterrey
1ª Erdinger Pikantus
2ª Baden Baden Red Ale
3ª Schlenkerla e Colorado Demoiselle

Essa classificação foi escolhida por unanimidade por: A mestre cervejeira e beer sommelier Cilene Saorin, Letícia Borges, sócia da importadora de cervejas A Casa da Cerveja; Alfredo Franco, fotógrafo publicitário especializado em culinária; Caio Ferrari, fotógrafo e chefe de cozinha do restaurante Francescola Bistrô; Otávio de Siqueira, arquiteto; Roberto Cattani, jornalista e autor de livros de gastronomia; e Samuel Benseman, gerente do Espaço Gattoria e epicure sommelier. Ninguém fraco, por isso quem sou eu para retrucar.
Essa listinha pode servir de guia de iniciação para combinar sua cerveja e seu charuto. De qualquer maneira e confesso que acho meio obvio, que as cervejas mais encorpadas, com teor alcoólico mais alto ou até adocicadas e as defumadas podem ser um sinalizador de como fazer uma boa escolha.

Se for fazer uma degustação fica a dúvida sobre o que deve saborear primeiro? Charuto-cerveja ou cerveja-charuto?
Para o Caio Ferrari deve primeiro o charuto e depois a cerveja porque encher a boca com os aromas e a caloria do charuto e depois resfriá-la com a cerveja. E aí, nesse resfriamento, será percebida a harmonização ou a diferença entre os dois”. 
Já o César Adams diz que para ele o melhor é provar a cerveja, depois charuto. Ele explica que se der uma baforada e depois um gole na cerveja, a cerveja “lava a boca”, pois se trata de um líquido. “Em termos de sustentação, estamos falando de fumaça e líquido. Qualquer líquido que você colocar na boca vai sobrepor a fumaça”. 

Opiniões a parte o certo que numa roda de degustação, deve-se respeitar a ordem do começo ao fim para não mascarar os resultados. Se começou na dobradinha cerveja-charuto é nessa toada que tem que tocar a banda até o final.

E lembre-se: Estou sempre disponível para esses eventos!

Fonte e fotos: http://www.beerlife.com.br/ed3/harmonizacao2.asp, reprodução e minha mente doentia


terça-feira, 16 de abril de 2013

Papa Francisco já fazendo suas "argentinices"




O Novo Papa, apesar de ARGHTentino, trouxe alegrias para a comunidade cervejeira do mundo inteiro por sua impressionante semelhança com o religioso da ordem Franscicana do rotulo da Franziskaner, uma tradicional cerveja de trigo de Munique com mais de 600 anos de tradição obtida através de alta fermentação, a maneira mais antiga de se fazer cerveja. A Franziskaner se distingue pelo seu agradável nível de carbonato e sabor, deixando uma sensação refrescante. Pelo fato de conter menos lúpulo, quando comparada com a maioria das Pilsen as cervejas do tipo weiss proporcionam uma sensação gustativa mais suave e frutada. O processo de filtragem permite a presença de fermento após o envase o que, além de dar uma aparência turva à cerveja, promove a re-fermentação na própria garrafa em um processo similar ao das champanhes. (similar Padawan, similar!!)

Mas meus caros cristãos de bom coração, O Papa Francisco, desinteressado em saber se o jesuíta do rotúlo da garrafa de Franziskaner pudesse até ser um parente, divulgou uma nota dizendo que a atividade cervejeira dentro dos monastérios trappistas "não condiz com a clara devoção"

Isso ficou no ar como uma critica, insinuando que as atividades mercantis em algumas igrejas roubavam o foco do padre de fazer "padriçes"(do bem, é claro), o que acabou sobrando chororó e assombro para tudo quanto é "segmento" comercial da igreja. Desde a venda de geleias, queijos e etc, causando um rebuliço entre cristãos, beatas, padres e afins e colocando em xeque tradições, quermeses, barraquinhas e tals.
É O FIM?
Tradicionalistas e conservadores finalmente agora terão um motivo para travarem calorosas discussões sobre o assunto: álcool VERSUS religião, fugindo do verdadeiro foco que toda nação cervejeira matreira esta se perguntando preocupada: Se pararem de fabricar cervejas trappistas, quanto custará uma mítica Westvleteren? 

É literalmente o fim do silêncio? saiba mais


segunda-feira, 8 de abril de 2013

SAIBA SOBRE AS 200 CERVEJAS MAIS VENDIDAS NO BRASIL


Esse infográfico publicado no portal Terra é mesmo bem legal. As informações são as comerciais, onde cada cervejaria vende o seu peixe conforme o publico que ela quer alcançar, e os preços são do ano passado por isso estão em media 20% abaixo do atual (abril 2013) mas mesmo assim faz da classificação por preço bem interessante.
Bacana que eles colocaram as cervejas nacionais e importadas mais vendidas no Brasil. Clicka aqui.
Lógico que existem muito mais marcas e cervejas nas prateleiras de lojas especializadas, mas o que foi listado aqui podem ser encontradas nas gondolas dos grandes supermercados das capitais do Brasil e outros centros urbanos por aí.



sexta-feira, 5 de abril de 2013

Carlsberg quer dominar o mundo?


METADE DO MUNDO É VERDE
A Carlsberg, a cerveja preferida de Ernest Hemingway, lançou uma oferta de 461,39 milhões de dólares, cerca de 354,32 milhões de euros, por 30,31% das ações da Chongqing Brewery Company e papou essa!
Jorgen, um cara bom para
se chama de amigo
A Carlsberg, que já detinha uma participação próxima dos 30% da Chongqing, adquiriu mais 30,31% da cervejeira chinesa, ficando com o controle de cerca de 60% da empresa tornando a manda-chuva dessa cerveja made in china, segundo a Reuters. O presidente da Carlsberg, Jorgen Buhl Rasmussen declarou “O nosso negócio na Ásia é muito importante para a estratégia de crescimento a longo prazo e estamos muito satisfeitos por dar este passo na China”. E ele não é bobo nada!
A Carlsberg já era considerada o 4º maior grupo cervejeiro do mundo com um portfólio de mais de 500 marcas. Como se pode observar no mapa acima essa cervejaria está presente na maior para do velho mundo detendo o controle de marcas como Tuborg, Baltika e Kronenbourg 1664, e fortes marcas locais, como Ringnes (Noruega), Feldschlösschen (Suíça), Lav (Sérvia) e Wusu (oeste da China).



Para quem esta perguntando: E o Kiko?
A Carlsberb foi uma cerveja muito vendida aqui no Brasil nas decadas de 90 e hoje ela esta retornando ao mercado Brasileiro mesmo que timidamente, nas prateleiras de alguns supermercados e lojas especializadas. Juntando com uma nova marca, quem pode o que ira acontecer? Estamos falando em fincar o pé no país mais populoso do mundo. Além do mais essa cerveja era vendida aqui no Brasil e na época eu gostava bastante ok? Como o blog é meu.....Bom, em 1990 vieram para cá a Bud, Carlsberg, Labatt blue(arght!!) e a gente achava em qualquer prateleira. Foi o primeiro grito revolucionário cervejeiro no Brasil, mas que não vingaram. Elas foram como os Lada's para o mercado automobilísticos. Vieram, se foram e agora outros estão fazendo o que eles pretendiam na época.


A Chonggig produz alguns rotulos que eu gostaria até de comentar, mas por puro analfabetismo chines, nao consegui nem falar o nome das cervejas e tampouco escrever para pesquisar no google o maximo que eu consegui foi uma fotinha da lata. Foi mal dessa vez!

CERVEJAS QUE EU NÃO SEI FALAR O NOME
E é isso! Inté.

font:
www.jornaldenegocios.pt
www.carlsberggroup.com

terça-feira, 2 de abril de 2013

CLASSIFICADOS BIERCOOL

Na linha dos melhores empregos do mundo somado aos classificados do tipo "ganhe dinheiro dormindo"  surge o inesperado, mas verdadeiro anuncio:



Viu as obrigações desse trabalhor?
Além dos quase R$ 5.000 lascas Brasileiras que o caboclo pode ganhar, vem com horario flexivel, permitindo você meu caro Padawan continuar trabalhando na sua fedida baia e fazer sua happy hour um "bico".

Podem ser inscritas pessoas com mais de 19 anos, disponibilidade para viajar e mínimo de um ano de experiência em beber cerveja de forma responsável, tipo os adeptos do Slow Beer ou Beba Menos / Beba Melhor, residentes em Portugal (continente ou ilhas). As candidaturas terminam em 28 de abril de 2013. Dá tempo de você mudar pra portugal, faça suas malas, saia na frente dos outros candidatos se preparando melhor mostrando um grande conhecedor da Guinness lendo informações privilegiadas clicando aqui.


O profissional da cerveja irá trabalhar de Norte a Sul de Portugal e também visitará a fábrica da Guinness em Dublin, na Irlanda. O contrato do selecionado será de 1º de junho a 31 de dezembro de 2013. Melhor que isso, só o céu com os pés de fora.
Clica logo na página e faça suas malas! TRABALHE NA GUINNESS